AIPQR quer desenvolver infraestruturas de ligação entre os dois grandes pólos petroquímicos nacionais

evento_smallO Presidente da Associação das Indústrias da Petroquímica, Química e Refinação (AIPQR), João de Mello, apresentou os principais reptos da indústria petroquímica portuguesa durante a conferência “ Os Desafios da Indústria Petroquímica e de Refinação e o Papel dos Sistema científico e Tecnológico – O Programa EngiQ. O evento decorreu na Sede da Galp, em Lisboa, e contou com a presença do Ministro da Ciência e Tecnologia, Mariano Gago.

{readmorelink} (ver mais) {/readmorelink}

João de Mello reforçou a dispersão geográfica entre os pólos químicos nacionais e sublinhou “a grande necessidade de criar estruturas umbilicais entre os pólos, à semelhança do que é feito ao nível global. Só quando Portugal tiver uma rede de pipelines que interligue as empresas, será possível concorrer com os pólos químicos internacionais”.



grupo_smallNo evento, Mariano Gago lançou um desafio às empresas “esta é uma oportunidade de criação de um programa nacional que case os interesses das empresas e das universidades, à semelhança do MIT.”

Minimizar o efeito da distância dos pólos, aumentar a capacidade de produção das unidades industriais, de forma a atingirem uma dimensão crítica, criar centros e programas de investigação e desenvolvimento e tornar o País auto-suficiente em produtos onde actualmente é deficitário, foram os principais vectores apontados pelo Presidente da AIPQR.

Grande parte das unidades industriais nacionais têm dimensão reduzida, não havendo auto-suficiência de produção de aromáticos e oleofinas, dai a grande necessidade de criarmos sinergias e essa é a visão da AIPQR”, referiu João de Mello.

O Presidente da AIPQR reforçou a necessidade de Portugal se concentrar nos modelos de cluster internacionais, para garantir a nível nacional a construção de um pólo dual de referência mundial nas indústrias de refinação, petroquímica e química industrial, especializado em produções de Alta Tecnologia e de elevado crescimento.

Lisboa, 17 de Março 2010

Contactos

AIPQR
Associação das Indústrias da Petroquímica, Química e Refinação

 

Rua do Amoníaco Português, n.º 10, Quinta da Indústria, Beduído
3860-680 Estarreja

 

Tel: +351 210 058 631 / 210 058 600 / 234 810 305
Fax: +351 210 058 699 / 234 810 420
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Contacte-nos

Programa de Formação Doutoral
apoios_AIPQR